Tango: dança, arte, expressão

tangoLindo em assistir, intenso em dançar, o tango, de origem Argentina, é uma das mais expressivas manifestações artísticas que encanta qualquer expectador.

Cada passo, cada jogada de pernas, mostra o nível de envolvimento dos dançarinos; a execução precisa e a confiança mútua, são o que fazem do tango essa dança sensual, elegante, mas ao mesmo tempo melancólica.

O Tango surgiu na Argentina derivando de outros estilos como a habanera e a milonga. Inicialmente o Tango propagou-se entre as classes menos favorecidas de Buenos Aires, e somente entre as décadas de 1930 e 1940 ele começou a ganhar espaço nos salões, encantando as classes mais favorecidas da cidade.

O tango surgiu com seus passos improvisados, com paradas chamadas CORTES, momento em que o dançarino fazia poses e QUEBRADAS. Uma dança escândalo para a época, século XIX, pois a proximidade entre os pares no ato da dança não era bem vista pela sociedade.

Por isso, o Tango propagou-se nos bordeis, pois somente as prostitutas se aventuravam nesses passos considerados eróticos.

Carlos Gardel, um dos precursores do Tango, foi responsável por difundir o estilo na década de 20.

O Tango começou a ganhar ares internacionais ainda no início do século XX quando os marinheiros franceses levaram esta música e dança para seu país de origem. A França ficou apaixonada pelo ritmo e pela dança sensual.

Dançar Tango requer muita concentração, memória e domínio físico. Mas, graças as técnicas desenvolvidas pelos mestres que ensinam essa arte, o Tango pode ser dançado por qualquer pessoa interessada em aprender e desafiar-se.

Nas aulas de tango, você aprenderá uma série de passos, desde o básico até passo gancho da dama, passo oito por trás, passo oito pra frente, molinete com varrida, contra molinete e uma série de outros passos que, quando executados em sequência, resultam na beleza que a dança nos proporciona.

Venha aprender cada passo e se expressar através dessa dança performática e emocionante.