Dançar faz bem para o corpo e para a mente

dança-aula

Quem não gosta de dançar é porque não sabe, ou pensa que não sabe! Dançar envolve uma intimidade e um conhecimento do seu corpo, seus limites e claro, entrosamento com o parceiro. Mas, do mesmo jeito que um bebê não sabe falar e andar, “e aprende”, qualquer um de nós pode aprender a dançar e a dançar bem. Vontade, determinação, paciência e prática são as características necessárias para que você comece a arrasar por aí nas pistas.

Não é só para o corpo que a dança faz bem –  Dançar libera endorfina, a famosa e conhecida substância do prazer. Se você parar 5 minutos para observar uma ou mais pessoas dançando e analisar seu comportamento antes, durante e depois da dança vai perceber o quanto as pessoas ficam “bem” quando estão se movimentando ritmicamente.

A dança tem o poder de esvaziar a mente dos problemas, do estresse do dia a dia, das dores físicas e emocionais. Ela conecta corpo e mente e aumenta a disposição para encarar a rotina e o dia a dia. Em resumo, dançar é um exercício terapêutico.

Pessoas que sofrem com ansiedade, depressão ou doenças psicossomáticas, em sua grande maioria, tem os sintomas reduzidos quando praticam uma atividade como a dança.

Se quem canta seus males espanta, pode apostar que “quem dança também”!

Os ritmos que têm maior apelo à sensualidade podem elevar a autoestima de homens e mulheres. Quem pratica aula de dança, independente se a 2 ou individual melhora o convívio social e interação entre as pessoas, diminuindo a timidez e proporcionando mais disposição.

3 motivos para te fazer dançar

 Melhora a autoestima

Quando você parte do zero, faz sua primeira aula de dança, não importa que tipo de dança, pode ser que se sinta um peixe fora d’água. É aí que entra a persistência! Porque conforme você vai fazendo aulas, recebendo instruções e treinando, vai criando memória dos passos e seu corpo responderá melhor a cada aula.

Percebe que é capaz de superar dificuldades e aprender novos passos a cada aula faz com que se sinta melhor consigo.

Treinando a mente

A dança, faz bem a todos e em qualquer fase e idade.  Recomendo dançar, se mexer em geral, não apenas para quem precisa melhorar a autoestima, mas principalmente, para todos que queiram se manter coordenados, de bem consigo, com uma boa percepção de espaço e com domínio do corpo e mente.

Uma pesquisa publicada neste ano no New England Journal of Medicine mostrou que dançar reduz em 76% os riscos de se desenvolver doenças cognitivas, como o Alzheimer.

Melhora o relacionamento do casal

A rotina, o trabalho, os afazeres de casa contribuem para que o casal se afaste. Quem é casado ou mesmo namora, sabe o quanto pode ser difícil manter a chama acesa e o relacionamento vivo. Os terapeutas de casais são unânimes: __ “O casal precisa ter um tempo para si”. Parar de dar desculpas, afinal, quem quer arruma um jeito, quem não quer arruma uma desculpa.

Se você decidiu arrumar um jeito, nosso salão de dança está de portas abertas para te ensinar a dançar. Isso fará com que vocês passem mais tempo juntos e desenvolvam um objetivo comum, evoluir no passo e evoluir no relacionamento.