Venha dançar com harmonia
e fazer cada instante a dois valer a pena!

Novidades

Funk-capa-site

Aulão de Funk e Ritmos Latinos

Você que ama Funk e sente o batimento acelerar quando escuta música latina – tem […]

danças-urbanas-site

Aulão de Danças Urbanas

De Danças Urbanas eles entendem! Então venha aprender “muito” num super aulão com Lucas de […]

dança-do-ventre-facebook-2

Dança do Ventre – a dança da fertilidade

A origem exata da Dança do Ventre ninguém sabe ao certo, há muitas versões e até contradições. Mas, os poucos estudos a respeito indicam que ela surgiu no Antigo Egito vinda de rituais ligados à fertilidade da terra e da mulher.

A importância da dança na vida da humanidade

A dança é uma das atividades mais antigas da humanidade e por isso ela foi, é e sempre será importante na vida de todos nós, seja com forma de expressão artística, seja para diversão e descontração.

Tente não mais esquecer que a vida é uma dança, e que se ela em algum momento não está boa, é porque você deixou de dançá-la, simplesmente.

Porque Dançar Faz Bem!

Nossos alunos dizem...

  • Giselli da Silva disse:

    Fevereiro de 2010, terça-feira, 18:30 da tarde, Salão de Dança lugar que eu escolhi para dar início a um relacionamento de amor verdadeiro com a Dança! Dançar me faz bem, alimenta minha alma e me mantém viva. Tem o poder de me fazer flutuar, de me deixar sem ar, de me fazer esquecer o mundo, as as tristezas, as angústias e os problemas. É a ilusão de que nada me atinge enquanto dançarina. Dançar me traz sensação de conforto, de alívio, de esperança, de leveza, de amor, de paixão… me encanta, me descabela e sempre me faz perder o chão. Dançar é mais do que prazer, é mais do que dançar, é mais do que um simples deslizar. É descobrir dentro de mim alguém adormecida, com vontade de brilhar, de dançar e de aproveitar! Deixo-me levar pela música no ar. É um carinho ao meu corpo, um despertar para a felicidade. É agito, é calmaria, é furacão e melancolia. É mistura de sensações que faz aflorar diferentes pessoas dentro de uma única pessoa. Dançar sem vergonha, sem pudor, com humor e com amor. Dançar é assim como se apaixonar. É um estado de espírito de eterna felicidade. É como viajar de olhos abertos e manter a doce imaginação de que ali, no meio do salão, só existem as batidas do meu próprio coração! E sabe por que eu danço? Porque dançar faz bem!

Ver mais…